PUBLICIDADE
Topo

Histórico

A maior atração deste morro é a placa com seu gigantesco nome de 89 letras

Felipe van Deursen

11/01/2020 04h00

40º20'S, 176º36'L
Taumata(…)tahu
Porangahau, Baía de Hawke, Nova Zelândia

A maior palavra registrada da língua portuguesa tem 46 letras: "pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico". Mas ela vira quase um "zé" se comparada àquela que é considerada o maior nome de um lugar do mundo.

Um morro sem muita graça na Nova Zelândia ostenta um monárquico e apneico nome de 89 caracteres. É quase o dobro da maior palavra da Flor do Lácio.

Taumata o quê?

Contemplem Taumatawhakatangi­hangakoauauotamatea­turipukakapikimaunga­horonukupokaiwhen­uakitanatahu. O serviço de informações geográficas da Nova Zelândia usa um nome mais curto, mas ainda assim ridículo de grande: Taumatawhakatangihangakōauauotamateapōkaiwhenuakitānatahu (57 letras). Há outras variações, algumas ainda maiores.

Em todo caso, o melhor jeito de redigi-lo é copiando e colando. Tentei escrever, com o cronômetro ligado. Demorei 71 segundos digitando cada caractere, errei, precisei voltar, desisti e parti para o ctrl c + ctrl v.

A região de Hawke's Bay tem paisagens assim (crédito: iStock)

Um nome comicamente grande desses não é à toa. O termo é praticamente uma narrativa mitológica e significa algo como "o pico onde Tamatea, o homem dos grandes joelhos, o deslizante, escalador de montanhas, o engolidor de terras que viajou por aí, tocou seu kōauau para seu amor".

Kōauau é uma pequena flauta, feita de madeira ou osso, bastante usada pelos maoris na arte da conquista. Já Tamatea foi um famoso maori, notório explorador, comparado a Marco Polo.

A pessoa amada, no caso, seria seu irmão, morto em uma batalha ali perto. Após a luta, Tamatea passou um tempo no alto do monte lamentando e tocando o instrumento.

Henry Matthew Stowell (Hare Hongi), genealogista que viveu nos séculos 19 e 20 e um grande estudioso da cultura maori, assim descreveu Tamatea:

"Ele circunavegou Nukuroa [antigo nome da Nova Zelândia]Sabemos que ela tem mil milhas de extensão. Para circunavegar seus cabos e promontórios, seria preciso cobrir umas 3 mil milhas [5,5 mil km, convertendo de milhas náuticas britânicas], um empreendimento ousado e perigoso. A partir dessa conquista esplêndida, ele adquiriu seus terceiro e quarto nomes, e destes seus descendentes são particularmente orgulhosos: Tamatea-pokai-whenua e Tamatea-pokai-moana (ou 'Tamatea que circunavegou os continentes' e 'Tamatea que circunavegou os oceanos'). Eu já indiquei que Tamatea era e é muito conhecido em ambas as ilhas. Muitos lugares costeiros e no interior, visitados pelo indomável explorador, foram nomeados em sua comemoração."

Hawke's Bay é conhecida pelos vinhos (Crédito: iStock)

Em Porangahau, cidade mais próxima do monte, as pessoas aprendem a falar seu quilométrico nome na infância. Na escola, os professores recorrem a músicas para fazê-lo ser memorizado. Em outros lugares do mundo, é uma trívia que crianças ousadas e curiosas curtem encarar. Foi o caso da tcheca Martina Navrátilová. Aos 10 anos, entediada em um dia de chuva, ela decorou a palavra. Anos depois, a repetiu em agradecimento pela hospitalidade neozelandesa, quando já era uma das maiores tenistas do século passado.

A tarefa é hercúlea, o que fica nítido (e hilário) para quem precisa pronunciar isso a trabalho. Caso desta repórter televisiva:

Em 2007, o governo local instalou uma placa no morro contando sua história e chamando a atenção para esse inusitado ponto turístico. Se quiser treinar a pronúncia antes de visitar o lugar, escute aqui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Felipe van Deursen é jornalista de história. Autor do livro 3 Mil Anos de Guerra (Ed. Abril), foi editor da Superinteressante e da Mundo Estranho e colunista da Cosmopolitan. Gosta de batata, de estudar e de viajar.

Sobre o blog

Os lugares mais curiosos e surpreendentes do mundo e a história (nem sempre tão bela nem tão ensolarada) que cada um deles guarda. Um blog para quem gosta de saber onde está pisando.